“Eu brinco” e o Carnaval de 1944

por Luis Borges 1 de Março de 2017   A história registrou

A marchinha é um gênero musical que está sempre presente na festa popular que é o Carnaval, abordando com muito humor e irreverência diversos aspectos do cotidiano no país.

A história registra a primeira marchinha do Carnaval brasileiro em 1899, a sempre lembrada “Ô abre alas”, de Chiquinha Gonzaga.

Para o Carnaval deste ano tivemos marchinhas para todos os gostos, mas destaco aqui as 5 finalistas do concurso de marchinhas Mestre Jonas, em Belo Horizonte. A campeã foi “O Baile do cidadão do bem” seguida por “Solta o cano”, “Pinto por cima”, “Puxa Saco” e “Nesse carnaval”. Neste link é possível ouvir todas as finalistas.

Se hoje é grande a liberdade de manifestação e de expressão, vale lembrar que nem sempre foi assim ao longo da nossa história. Um bom exemplo foi o carnaval de 1944, quando o grande sucesso foi a marchinha “Eu brinco”, de autoria de Pedro Caetano e Claudionor Cruz cantada por Francisco Alves. A História registra em 1943 a entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial e a forte censura que a Ditadura do Estado Novo do Presidente Getúlio Vargas fazia às diversas formas de manifestação política. A crise econômica se acentuou com a participação na guerra e o Carnaval de 1944 estava ameaçado de não acontecer, o que gerava tristeza em muita gente. Além disso, a sátira política estava na clandestinidade, pois a ditadura era plena. Então teve início uma campanha para se garantir a realização do Carnaval ainda que as marchinhas abordassem temas mais líricos, folclóricos e de exaltação. Esse foi o contexto que permeou o surgimento da marchinha “Eu brinco”.

Fica o convite para ouvir a música e acompanhar a letra.

Eu brinco
Fonte: Letras.mus.br 

Com pandeiro ou sem pandeiro
Eh eh eh eh, eu brinco
Com dinheiro ou sem dinheiro 
Eh eh eh eh eu brinco

No céu a lua caminha 
Tão triste sozinha
Pra não ser triste também
com pandeiro ou sem pandeiro
meu amor, eu brinco

Com pandeiro ou sem pandeiro
Eh eh eh eh eu brinco
Com dinheiro ou sem dinheiro
Eh eh eh eh eu brinco

Tudo se acaba na vida
Morena querida 
Se o meu dinheiro acabar
Com dinheiro ou sem dinheiro
Meu amor, eu brinco
  Comentários

Publicado por

Publicado em