Curtas e curtinhas

por Luis Borges 17 de Abril de 2017   Curtas e curtinhas

Menor poder aquisitivo dos salários

Um levantamento feito pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) apontou perda média de 0,52% no salário dos trabalhadores em 2016 nos acordos coletivos feitos, depois de descontada a inflação. O estudo analisou 714 acordos e mostrou que em 36,7% dos casos o reajuste ficou abaixo da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor – INPC do IBGE, sendo que em 2015 esse percentual foi de 18,7%. Já 44% foram reajustados pelo índice da inflação e apenas 18,9% ficaram infimamente acima do INPC. Outro dado importante é que 29,6% dos reajustes foram pagos em duas ou mais parcelas contra 13,7% em 2015. Vamos ver como ficarão as negociações salariais em 2017 com a redução da taxa de juros básicos, queda mais acentuada da inflação, pequeno crescimento do Produto Interno Bruto e número de desempregados chegando a 14 milhões de pessoas.

A agonia dos Correios

De uns tempos para cá a ECT (Empresa de Correios e Telégrafos) tem sido alvo de muitas reclamações devido ao atraso nas entregas de correspondências e também de encomendas. Aliás, é bom lembrar que cartas e telegramas estão em absoluto declínio e que os Correios não têm logística suficiente para que seus serviços de encomendas consigam competir com as concorrentes empresas aéreas, que priorizam as suas próprias cargas. O prejuízo acumulado pela empresa nos últimos 2 anos foi de R$4 bilhões, fora a quebra do seu fundo de pensão Postalis que foi solapado e está tentando se recupera num plano com horizonte de 8 anos de contribuição adicional dos empregados participantes.

O Governo Federal não tem recursos para injetar na empresa e sinaliza sua privatização enquanto apenas 5,5 mil dos seus pouco mais de 100 mil empregados aderiram ao plano de demissão incentivado. Como sempre estão nas causas fundamentais dos problemas a ingerência político-partidária, a má gestão e a corrupção. Basta lembrar que o mensalão veio à tona a partir da CPI dos Correios, em maio de 2005

Reforma trabalhista

O Presidente da Comissão da Câmara dos Deputados que analisa a proposta de Reforma Trabalhista enviada pelo Poder Executivo Federal marcou a votação do parecer do relator para a próxima quarta, 19/4. Entre as medidas propostas estão a jornada de trabalho de 48 horas semanais, com o máximo de 12 horas de trabalho por dia; o fim da contribuição sindical, para o desespero dos sindicatos, federações, confederações de empregados e patrões bem como a prevalência do que for negociado em acordos sobre o que a legislação estabelece. Será que a mobilização dos interessados vai aumentar ou essa reforma vai ser aprovada rapidamente, como aconteceu no caso da terceirização de todas as atividades na Câmara dos Deputados?

Voos de BH para Brasília

Três empresas aéreas colocam à disposição de seus clientes 10 horários de voos de Belo Horizonte para Brasília, de segunda a sexta-feira. O primeiro voo sai do aeroporto de Confins às 07h30 e existem mais 4 horários na parte da manhã. À noite o primeiro voo sai às 18h30 e o quinto e último voo sai às 21h35min. De Brasília para Belo Horizonte também existem 10 horários à disposição dos clientes. Uma passagem de ida e volta tem sido facilmente encontrada na faixa de preços entre R$800 a R$1.500, pagáveis em parcelas pelo cartão de crédito em função da quantidade de dias que antecedem a viagem. Se ainda assim não for possível encontrar uma ou duas passagens disponíveis, o jeito é tirar o dinheiro do bolso para fretar um jatinho que tenha plano de voo rapidamente aprovado pelas autoridades aéreas. Planejar é sempre fundamental apesar da gravidade, urgência e tendência de cada necessidade e com a devida transparência se o serviço for público conforme determina a Constituição Brasileira .

  Comentários

Publicado por

Publicado em