A data de 30 de outubro é destinada à comemoração do dia do Design de interiores. Os profissionais dessa área lutam pela difusão do conhecimento sobre o seu trabalho e os importantes resultados que ele pode gerar para as pessoas em seus ambientes residenciais, de trabalho e lazer.

Nesse sentido é interessante conhecer a história dessa atividade conforme artigo publicado no portaleducacao.com.br. Leia aqui.

  Comentários
 

2013 – Morreu aos 78 anos, no Rio de Janeiro, a cantora e atriz Norma Bengell. Considerada uma das musas do Cinema Novo, participou do filme “O Pagador de Promessas”. Em 1962, tornou-se a primeira atriz brasileira a apresentar-se em uma cena de nu frontal, no filme “Os Cafajestes”.

1999 – O poeta e diplomata João Cabral de Melo Neto morreu, no Rio de Janeiro, aos 79 anos. Escreveu “Morte e vida Severina”, “Museu de Pedra”, “O engenheiro” e outras 15 obras.

João Cabral de Melo Neto / Fonte: Wikipedia

1989 – Em Leipzig, Alemanha Oriental, 70 mil protestantes exigiram a legalização de grupos de oposição e reformas democráticas.

1980 – O Papa João Paulo II recebeu o Dalai Lama em uma audiência privada no Vaticano.

1967 –  Um dia depois de ser capturado, foi executado na Bolívia, aos 39 anos, o médico, escritor, jornalista, fotógrafo e guerrilheiro argentino Ernesto Guevara de la Serna, ou simplesmente Che Guevara para os revolucionários que inspirou, principalmente na América Latina .

Ao lado dos irmãos Fidel e Raul Castro, participou ativamente da Revolução Cubana. Esteve no Brasil em 1961, quando foi condecorado pelo presidente Jânio Quadros. “Hay que endurecer, pero sin perder la ternura jamás” é sua frase mais reproduzida nas camisetas que são estampadas com seu rosto. O dia de sua captura na Bolívia inspirou a criação do nome do Movimento Revolucionário 08 de outubro, MR-8, organização política de esquerda que combateu a Ditadura Militar no final do século passado.

Che Guevara / Fonte: Wikipedia (foto de Alberto Korda)

1958 – Morreu aos 82 anos o Papa Pio XII. Seu papado durou 19 anos e 7 meses. Ele foi o 261º Papa da história da Igreja Católica.

1945 – Nasceu em Montevidéu o cantor Taiguara, um dos mais censurados durante a Ditadura Militar Brasileira. Entre suas músicas podemos destacar “Hoje”, “Universo do teu corpo”, “Piano e viola”, “Amanda”, “Tributo a Jacob do Bandolim”.

1940 – Nasceu em Liverpool, na Inglaterra, John Winston Ono Lennon, músico, guitarrista, cantor, compositor, escritor  e ativista britânico. John Lennon ganhou notoriedade mundial como um dos fundadores do grupo de rock britânico The Beatles.

1893 – Nasceu Mário de Andrade, escritor e um dos idealizadores da Semana de Arte Moderna realizada em São Paulo em 1922.

  Comentários
 

1836 – Rebeldes farroupilhas proclamaram a República Rio-Grandense. O objetivo era mostrar ao Império a insatisfação da oligarquia gaúcha com os altos impostos cobrados à época.

1968 – Lançamento da primeira edição da revista Veja, publicada pela editora Abril. Criada por Roberto Civita e Mino Carta, a primeira edição tinha capa vermelha, foice e martelo e anunciava “O grande duelo do mundo comunista”.

Capa da primeira Veja. /Fonte: Wikipedia

1973 – Morreu o presidente eleito do Chile, o médico socialista Salvador Allende, durante bombardeamento do Palácio de La Moneda, no que foi o início do golpe militar que levou ao poder o ditador General Augusto Pinochet

1990 – Sancionada, no Brasil, a lei 8708/1990, o Código de Direito do Consumidor.

2001 – Aconteceu o ataque terrorista às Torres Gêmeas do World Trade Center, em Nova Iorque, e ao Pentágono, em Washington, nos Estados Unidos. Foram cerca de 3 mil mortos nos dois ataques.

2005 – Israel declarou, unilateralmente, seu desligamento militar nas operações na Faixa de Gaza durante o governo do primeiro-ministro Ariel Sharon.

  Comentários
 

No último dia 16 de agosto completaram-se dois anos da morte de meu pai, José Gaspar Borges. Ele nasceu em 16 de outubro de 1927, na cidade de Araxá-MG, onde seu corpo descansa no Cemitério das Paineiras.

Em meio a lembranças, saudades e reconhecimento pelo conjunto de sua obra, quero deixar registrados alguns de seus pensamentos. Citados repetidas vezes por ele, de alguma forma provocaram reflexões, e até mesmo manifestações de concordância ou não daqueles que o ouviam.

Com a palavra, Gaspar Borges.
  • Primeiro a obrigação, depois a devoção.
  • Difícil não é ganhar dinheiro, mas se defender do malandro.
  • Quem não atrapalha já está ajudando.
  • Se o parente não te procura é porque ele está bem.
  • O bom do defunto é o que ele deixa.
  • Eu toco, você dança.
  • Homem que chora, mulher que jura, mentira pura.
  • Não beber e não fumar. Tem gente que pensa que fumar escondido não faz mal.
  • O bom é o que a gente tem, deixe o dos outros para lá.
  • Não podemos viver desperdiçando as coisas. Quem mais gosta da luz acesa é a Cemig.
  • Não fique bobo, só feio.
  • Feiura é doença.
  • Tem gente que escuta cem pessoas e depois decide sozinho.
  • Voto em todo mundo que me pede voto.
  • Eu ganho quando as notas na escola estão boas.
  • O que eu ganho é o que você aprende.
  • O difícil é Deus pecar.
  • Tudo na vida tem a parte comercial.
  • A gente fala e as pessoas não querem escutar. Depois vem reclamar das coisas da vida.
  • A morte é uma coisa boa e nós precisamos dela. Só não quero ter dor.
  • Ao morrer você fica como se não tivesse nascido.
  • Não tenha o olho maior do que a barriga.
  • O homem coloca as coisas dentro de casa pela porta da sala e a mulher as põe para fora pela porta da cozinha.
  • Eu vim do cisco, mas é preciso ter paciência e persistência para se conseguir as coisas.

Pela repetição, meu pai sempre lutou pela propagação e fixação de seus pensamentos. Alguns dos leitores deste blog, inclusive, já devem ter ouvido algumas das frases acima. Gostaria de ouvir o que você tem a dizer. Concorda? DIscorda? Outras pessoas já te manifestaram ideias semelhantes? Espero sua contribuição nos comentários. 

  4 Comentários
 

Hiroshima, 6 de agosto de 1945. A bomba atômica lançada pelos Estados Unidos atinge o Japão e encerra a II Guerra Mundial.

O JBlog, do Jornal do Brasil, tem um post interessante sobre o assunto, do qual reproduzo alguns trechos abaixo:

Movidos por um sentimento de vingança pelo ataque japonês à base militar de Pearl Harbor, o presidente Harry S. Truman permitiu que fossem lançadas duas bombas atômicas: a primeira sobre Hiroshima e a segunda sobre Nagasaki.

Na época a sétima maior cidade japonesa, com 350 mil habitantes, foi atacada por Little Boy, como era chamada a bomba de 20 mil toneladas. Hiroshima se transformou numa bola de fogo e depois, em nuvens de púrpura e chamas subindo em espiral. Uma coluna de fumaça branca ergueu-se a seis mil metros, como um cogumelo.

Hiroshima foi despedaçada: 69% dos edifícios foram destruídos, o calor carbonizou os postes telefônicos numa distância de 3 quilômetros.

Os que não foram mortos na hora pelo fogo, foram despedaçados pelos estilhaços das vidraças e por um vento que soprava a 800 quilômetros por hora.

O post completo do JBlog também narra a situação de Nagasaki, atingida três dias depois.

Hoje é um dia oportuno para nos lembrarmos do que somos capazes, ao som da triste e bela Rosa de Hiroshima, na voz de Ney Matrogrosso.

Ainda dá tempo de propor, a quem interessar possa, uma reflexão sem dor sobre as lembranças da entrada da Inglaterra na Primeira Guerra Mundial, em 04 de agosto de 1914. Podemos refletir, também, sobre a atual Terceira Guerra, entre Israel e o Hamas na Faixa de Gaza, e até sobre a Guerra Civil da Síria. Isso sem deixar de lado a situação de países como Iraque, Líbia, Afeganistão, República Centro-Africana e a grande sensação de insegurança no cotidiano da vida brasileira.

  Comentários
 

1494 – O Tratado de Tordesilhas foi ratificado pela Espanha.

1566 – Morreu o profeta Nostradamus.

1823 – Foi decretada a independência do estado da Bahia.

1843 – Morreu Samuel Hahnemann, criador da medicina homeopática.

1897 – O italiano Guglielmo Marconi patenteou o rádio.

1900 – Conde Von Zeppelin fez a primeira demonstração de um dirigível.

1903 – Cuba arrendou a baía de Guantánamo para os Estados Unidos construírem uma base naval.

1940 – O salário mínimo passou a vigorar no Brasil

1961 – O mundo deu adeus a Ernest Hemingway, autor de “O velho e o mar”, que suicidou-se aos 62 anos de idade após uma crise depressiva.

1976 – Vietnã do Norte e do Sul se reunificaram.

2008 – Libertação de Ingrid Betancourt, que foi senadora e candidata à presidência da Colômbia, após quase seis anos de sequestro em poder das Farc (Forças Armadas Revolucionárias  da Colômbia).

2011 – Morreu o ex-presidente Itamar Franco, criador do Plano Real.

  Comentários
 

Na semana passada a página do Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte no facebook publicou a resposta a uma curiosidade. Quem foi a primeira vereadora da cidade?

Foto da ata de posse da primeira vereadora de BH

Foto da ata de posse da primeira vereadora de BH / Fonte: APCBH

Foi Alaíde Lisboa de Oliveira, que tomou posse em 18 de julho de 1949, dois anos após ter sido eleita como suplente do vereador Otacílio Fonseca. Professora, jornalista e escritora, Alaíde exerceu o direito da mulher de eleger e de ser eleita, conforme definido em Decreto de 1932 e instituído pela Constituição Brasileira de 1934.

Capas do livro

Capas do livro “A Bonequinha Preta” / Fonte: Blog Literar

O seu livro mais conhecido é “A Bonequinha Preta”, que já teve mais de um milhão de exemplares vendidos e foi leitura obrigatória no então curso primário de muitas gerações. Nascida em 1904 na cidade de Lambari-MG, Alaíde faleceu em 2006 aos 102 anos, e era irmã da também escritora Henriqueta Lisboa. Essas informações também estão no facebook do Arquivo Público da Cidade de BH.

Cabe registrar os nomes das vereadoras que prosseguiram, ao longo desses quase 65 anos, a caminhada iniciada pela pioneira Alaíde Lisboa de Oliveira na primeira legislatura, que foi de 08/12/1947 a 30/01/1951.

A segunda vereadora da história foi Júnia Marize Azeredo Coutinho, que foi eleita para a sexta legislatura, de 31/01/1967 a 10/01/1971.

Já chegamos a ter sete vereadoras em uma mesma legislatura. Hoje, temos apenas uma. 

A seguir a relação das eleitas em cada legislatura. As informações são da Superintendência de Comunicação Institucional da Câmara Municipal de Belo Horizonte.

Sétima Legislatura – 31/01/1971 a 10/01/1971
Júnia Marize Azeredo Coutinho
Verlaine Bonifácio

Oitava Legislatura – 31/01/1971 a 30/01/1977
Júnia Marize Azeredo Coutinho
Verlaine Bonifácio
Ivone Borges Botelho

Nona Legislatura – 31/01/1977 a 30/01/1983
Ivone Borges Botelho
Maria Tófani Gontijo
Vera Cruz Coutinho

Décima Legislatura – 31/01/1983 a 30/12/1988
Helena Greco
Ivone Borges Botelho
Maria Tófani Gontijo
Wânia Maria Aparecida de Carvalho

Décima primeira Legislatura – 01/01/1989 a 31/12/1992
Helena Greco
Lucinda Rosa dos Santos 
Neusa Aparecida dos Santos

Décima segunda Legislatura – 01/01/1993 a 31/12/1996
Maria da Conceição Pinheiro Silva
Maria do Rosário Caiafa – a partir de 06/01/1993
Marta Nair Monteiro – a partir de 01/02/1995 até 01/06/1996
Maria César Santos Zazá Schettino
Norma Venâncio Soares 
Neusa Aparecida dos Santos – a partir de 12/01/1993 até 01/03/1996
Raquel Scarlatelli – a partir de 01/02/1995

Décima terceira Legislatura – 01/01/1997 a 31/12/2000
Elaine Matozinhos Ribeiro Gonçalves – até 01/02/1999
Lúcia Maria dos Santos Pacífico Homem
Maria da Conceição Pinheiro Silva
Maria do Socorro Moraes Vieira (Jô Moraes)
Maria Helena Alves Soares 
Maria Lúcia Scarpelli dos Santos

Décima quarta Legislatura – 01/01/2001 a 31/12/2004
Ana Paschoal dos Anjos – a partir de 22/01/2001
Lúcia Maria dos Santos Pacífico Homem
Maria da Conceição Pinheiro Silva
Maria do Socorro Moraes Vieira (Jô Moraes)
Maria Lúcia Scarpelli dos Santos
Neila Maria Batista Afonso
Neusa Aparecida dos Santos – até 22/01/2001

Décima quinta Legislatura – 01/01/2005 a 31/12/2008
Ana Paschoal dos Anjos
Elaine Matozinhos
Luzia Ferreira 
Maria Lúcia Scarpelli dos Santos
Neila Maria Batista Afonso
Neusa Aparecida dos Santos
Sílvia Helena Rabelo

Décima sexta Legislatura – 01/01/2009 a 31/12/2012
Elaine Matozinhos
Luzia Ferreira – 2009/2010
Maria Lúcia Scarpelli dos Santos
Neusa Aparecida dos Santos
Pricilla Teixeira
Sílvia Helena Rabelo – 2011/2012

Décima sétima Legislatura – 01/01/2013 até a presente data
Elaine Matozinhos

  Comentários
 

A história registrou nesta quarta feira, 4 de junho, os 37 anos da tentativa de realização do terceiro ENE (Encontro Nacional dos Estudantes). Foi em 1977, na Faculdade de Medicina da UFMG. O objetivo era a reconstrução da União Nacional dos Estudantes, que fora proscrita pela ditadura militar. Os estudantes presos e que eram dirigentes de entidades estudantis, foram enquadrados na Lei de Segurança Nacional e anistiados pela Lei da Anistia, em 1979. Alguns dos participantes atuam hoje na política partidária, outros estão em órgãos dos três poderes bem como em entidades sindicais e empresariais.

Matéria publicada à época / Fonte: Jblog

Matéria publicada à época / Fonte: Jblog

Em 2007, o JBlog, ligado ao Jornal do Brasil, recuperou esse fato histórico. Leia o texto deles aqui.

  Comentários
 

O BRT/Move é o assunto da semana em Belo Horizonte, após a entrada em operação do Corredor Antônio Carlos e da Estação Pampulha. 

Aproveitamos para recordar algumas promessas do ano de 2009, todas publicadas no portal da Bhtrans. No link também é possível ver as outras vezes que o termo “BRT” aparece no site da empresa e relembrar outros pontos implantação do sistema na cidade.

09/09 – BH não vai parar
Presidente da BHTRANS afirma que o trânsito da capital não vai ficar engessado dentro de alguns anos como indicam alguns estudos e diz que várias ações estão encaminhadas para que a cidade corrija problemas históricos. 
20/09 – Soluções de mobilidade são debatidas em seminário da PBH
Prefeito assina convênio de cooperação com instituto que desenvolve projetos em vários países para solucionar problemas de mobilidade. 
 
01/10 – Curitiba inspira projeto de transporte para jogos
Capital paranaense inaugura 6º corredor expresso e chega a 81 quilômetros de vias exclusivas para ônibus.
 
01/10 – BHTRANS aponta soluções para o transporte público em Congresso
Investimentos em mobilidade urbana, com Transporte Rápido por Ônibus, prepara capital mineira para Copa de 2014.
O presidente da Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTRANS), Ramon Victor Cesar, ao participar do 17° Congresso Brasileiro de Transporte e Trânsito que termina nesta sexta-feira (2 de outubro) em Curitiba (PR), afirmou que Belo Horizonte está se preparando para a Copa do Mundo de 2014 e um dos principais projetos de mobilidade urbana para a realização do evento, o BRT (Bus Rapid Transit), o Transporte Rápido por Ônibus da avenida Antônio Carlos, deverá ter concluída sua fase de licitação em outubro próximo e ser concluído em nove meses, tendo início de implantação ainda no segundo semestre de 2010.
 
14/10 – Implantação do Bus Rapid Transit (BRT) e Anel Rodoviário definidos como prioridades
Viurbs é apresentado ao conselho de desenvolvimento metropolitano com impacto sobre 54% do tráfego de BH. 

O programa de Reestruturação Viária e Urbana de Belo Horizonte (Viurbs/Corta Caminho), que visa melhorar o sistema de vias da cidade por meio de um conjunto de propostas que prevê 148 intervenções para criar alternativas transversais de trânsito de uma região a outra, des­con­gestionando o hipercentro da capital foi apresentado à  reunião do Conselho Metropolitano da Região Metropolitana realizada na sede da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional e Políticas Urbanas.
 
20/11 – PAC vai liberar R$ 700 mi para destravar o trânsito de BH 
Governo Federal cria linha de crédito para financiar obras de mobilidade; capital mineira vai implantar corredores rápidos de ônibus. 
 
16/12 – BH vai receber R$ 1 bilhão para investir em obras de mobilidade
Articulação de recursos junto ao Governo Federal foi tratada em reunião em Brasília. 

Os projetos em mobilidade urbana de Belo Horizonte ganham impulso com a articulação de recursos da ordem de R$ 1 bilhão entre a Prefeitura de Belo Horizonte e o Governo Federal, por meio do Ministério das Cidades. Os empreendimentos a serem financiados têm previsão de serem finalizados até o final de 2012.
 
22/12 – PBH a um passo da contratação de recursos para a Copa 2014
Valor será aplicado no sistema Bus Rapid Transit que transporta maior número de passageiros e com mais rapidez. 

A Câmara Municipal aprovou, em primeiro turno, com 31 votos a favor e uma abstenção, o Projeto de Lei 853/09, que autoriza o Executivo a contratar empréstimo de RS 1,6 bilhão para o início, no ano que vem, de obras de mobilidade urbana.
  Comentários
 

1809 – A cidade de Viena foi ocupada pelo exército francês, comandado por Napoleão Bonaparte.

1809 – Fundação da Divisão Militar da Guarda Real de Polícia, no Rio de Janeiro, após a vinda da Família Real Portuguesa para o Brasil. A instituição é predecessora da Polícia Militar do estado.

1811 – Foi aberta ao público a Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. Antes a visita era permitida apenas aos nobres. No mesmo dia, foi aberta ao público a Biblioteca Pública da Bahia.

1881 – Nasceu o escritor Lima Barreto.

1888 – Sancionada a Lei Áurea, abolindo a escravidão no Brasil.

1967 – Entrou no ar, em SP, a TV Bandeirantes.

1981 – O Papa João Paulo II sofreu um atentado na Praça de São Pedro, no Vaticano.

1984 – Morreu o médico e escritor Pedro Nava.

  Comentários